História

Um pouco sobre Nova Lima

Nova Lima é um município brasileiro do estado de Minas Gerais, localizado na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Sua população estimada em 2009 era de 76.608 habitantes. Diversas minas ficam no município, incluindo as minas de Morro Velho, Mostardas e Rio do Peixe. Diversos minerais são extraídos no município, incluindo ouro.

Nova Lima integra a Região Metropolitana de Belo Horizonte. O fato de fazer fronteira com o centro-sul do município de Belo Horizonte, região mais rica da capital, têm atraído moradores de alta renda para Nova Lima, os quais se instalam nos diversos condomínios fechados existentes na cidade. Um estudo divulgado pela prefeitura do município de Itabira em 29 de abril de 2010, revelou que Nova Lima é a primeira cidade de Minas Gerais em qualidade de vida.

Nova Lima se consolida, hoje, como um importante pólo de serviços e de comércio, trazendo a reboque crescimento econômico para o município e mais empregabilidade para seus munícipes. O bairro Jardim Canadá é considerado hoje o principal núcleo de concentração industrial e comercial do município. Nele estão instaladas cerca de 580 micro e pequenas empresas. O Jardim Canadá possui um dos maiores adensamentos populacionais do município, com aproximadamente mais de 5 mil habitantes. A cidade é considerada perfeita para novos negócios que priorizam características como localização, qualidade de vida, atrativos e desenvolvimento com sustentabilidade.

Nova Lima tem alcançado uma rápida expansão urbana devido ao crescimento imobiliário, o surgimento de vários condomínios e a abertura de novas empresas. A cidade tem se destacado pelo patrimônio histórico cultural, localização privilegiada, recursos naturais expressivos e qualidade de vida.

A segurança e a qualidade de vida encontradas na cidade atraem turistas de diferentes lugares. Regiões como a de São Sebastião das Águas Claras – Macacos, Jardim Canadá e Vale do Sol foram inseridas nos roteiros gastronômicos do mapa turístico mineiro, em razão das excelentes opções de restaurantes, pousadas e lazer. São apelos que têm conferido, também, às pequenas empresas condições para realizarem novos investimentos ligados à atividade turística, entre outras ações. Com a expansão e o desenvolvimento econômico da região sul de Belo Horizonte, rumando para Nova Lima, aumentando a verticalização de condomínios residenciais, com predominância no Vila da Serra, a cidade se vê obrigada a planejar de maneira ordenada seu crescimento. O desenvolvimento do comércio local, naquela região, e vários tipos de serviços voltados para o atendimento à população, principalmente hospitais, hotéis, escolas e restaurantes, têm garantido ao município não só a geração de recursos como de novos empregos para seus munícipes.

Diante destas peculiaridades e, principalmente, do potencial que a cidade tem a oferecer, pois 70% de seu território está passível de ocupação, Nova Lima é uma cidade pronta a receber o desenvolvimento planejado.

Breve História

A história de Nova Lima remonta ao fim do século XVII, quando o bandeirante paulista Domingos Rodrigues da Fonseca Leme chega em busca de ouro. A Igreja do Senhor do Bonfim, de 1720, atualmente tombada pelo Conselho Consultivo Municipal de Patrimônio Histórico e Artístico de Nova Lima, também marca o início da ocupação da região. Outros mineradores resolvem fixar-se na área, que em 1720 já possui um número considerável de habitantes.

A primeira denominação dada ao local foi a de Campos de Congonhas. Com a expansão das faisqueiras passou a ser conhecido por Congonhas das Minas de Ouro, abrigando população que trabalhava em diversas minas como Bela Fama, Cachaça, Vieira e Urubu.

Em 1748 o arraial é elevado à condição de freguesia, e em 1836 é criado o distrito, subordinado ao município de Sabará, com o nome de Congonhas de Sabará.

A presença da cultura britânica na região é explicada pela compra da Mina de Morro Velho pela Saint John del Rey Mining Company, em 1834. O Centro de Memória Morro Velho guarda fotos que registram a presença desses colonizadores.

A data de 5 de fevereiro de 1891 marca a emancipação do município, denominado então Villa Nova de Lima, em homenagem ao ilustre Antônio Augusto de Lima, historiador, poeta e político. Apenas em 1923 a cidade recebeu o nome que permanece até hoje: Nova Lima.

[newsman-form id='1' horizontal]